Ao escolher uma escola profissionalizante, os alunos estão buscando formas de agregar conhecimento, de se qualificar ou de se especializar em uma determinada área de atuação profissional. Mas, além disso, eles também procuram um local em que o ambiente escolar seja valorizado e que haja incentivos para melhorar o aprendizado.

Por isso, é importante que gestores da educação entendam a importância de um ambiente escolar saudável e como ele interfere diretamente na atração e retenção de alunos. Com a alta oferta de instituições escolares, é preciso se destacar perante os estudantes com diferenciais que valham a pena, e o ambiente é um deles.

Para entender melhor sobre esse assunto, continue lendo este post!

O cuidado com um ambiente escolar saudável

Você já realizou alguma pesquisa de clima organizacional na sua escola? Embora feita comumente em empresas e organizações para mensurar como a equipe interna tem percebido as relações no ambiente de trabalho; ela também pode ser aplicada aos alunos, a fim de melhorar a gestão escolar e entender como eles enxergam esse ambiente.

A partir das respostas será possível traçar planos e metas para melhorar o que é deficitário e reforçar os pontos positivos. Um ambiente escolar saudável garantirá uma comunicação efetiva entre todos os setores da escola e os alunos, bem como intensificará as trocas de conhecimento, melhorando a qualidade de ensino da instituição.

Diversos fatores são levados em consideração na busca de um ambiente escolar mais saudável, tais como boa relação entre os alunos, boa relação entre professores e alunos, infraestrutura, investimento em materiais, valorização individual, entre outros.

7 dicas para melhorar o ambiente escolar

É importante que o aluno crie laços afetivos com a escola, pois dessa forma ele se sentirá seguro e acolhido no ambiente escolhido. Além disso, a instituição educadora tem uma função social ao formar e capacitar pessoas.

Ao se sentirem respeitados e estimulados, os alunos conseguirão levar essas características para a sua vida pessoal e profissional.

Depois de entender esses pontos, veja 7 dicas para melhorar o ambiente escolar e atrair mais alunos.

1. Faça um planejamento

Como um bom gestor educacional, você já sabe que todo projeto bem-sucedido começa por um bom planejamento. De nada adianta buscar resultados, sem ao menos reconhecer as falhas e traçar metas e ações para alcançá-los.

Um planejamento básico deve exemplificar quais serão os objetivos em curto, médio e longo prazo, quais ações serão necessárias para isso, quanto investimento demandará e quais serão os responsáveis por cada objetivo.

É normal que durante o processo haja mudanças de objetivos e perspectivas e é importante que tudo isso seja documentado, para que no final seja feito um relatório mostrando os resultados.

Para traçar metas reais, faça pesquisas com os alunos, identifique os pontos fortes e fracos por meio da análise SWOT e converse com os colaboradores da sua equipe.

2. Incentive a integração dos alunos

A escola tem um papel muito importante no desenvolvimento social do aluno. O local de estudo deve ser mais do que apenas um estabelecimento para adquirir conhecimento, ele deve fomentar também a amizade, relações interpessoais e o networking.

Para isso, os gestores e professores podem criar dias de interações entre as turmas, aulas temáticas ou aulas em laboratórios, por exemplo. Também deve haver a criação de espaços de integração, como salas descontraídas, lounges com puffs, sofás e áreas de alimentação e descanso para os estudantes.

3. Ofereça uma boa estrutura

Investir em uma boa estrutura é uma forma de reter e atrair novos alunos. Na área da educação, a opinião de amigos e conhecidos tem muita relevância antes de uma tomada de decisão. Por isso, ter alunos que são apaixonados pelo local onde estudam é tão importante.

Há muitas escolas que têm espaços desperdiçados ou que não investem na estrutura física. Esses locais podem virar bibliotecas, sala de jogos, sala de pesquisa ou sala de descanso, por exemplo.

Ao oferecer uma boa estrutura você estará dando mais motivos para o aluno escolher a sua instituição, além de estar agregando valor ao ambiente, podendo, inclusive, aumentar o valor da mensalidade por oferecer um serviço mais completo.

4. Invista em tecnologia

Com os avanços tecnológicos, a educação também teve que se adaptar. As transformações começaram na sociedade e chegaram dentro da sala de aula, por isso é preciso investir em tecnologia para melhorar o ambiente da sua instituição.

Primeiramente, os professores precisam entender e reconhecer o valor da tecnologia. Ela veio para agregar conhecimento e não para competir com eles. Ao inovar, a escola estará envolvendo seus alunos, assim como se colocará à frente dos seus concorrentes.

A instituição pode investir adquirindo quadros interativos, games educativos, tablets para os alunos, cursos digitais para os professores, entre outras funcionalidades.

5. Foque no ensino de qualidade

Além de pensar em ações que invistam no ambiente e nas relações interpessoais, é preciso se preocupar com a qualidade do ensino. Isso significa que, inicialmente, é preciso investir nos colaboradores e professores para que eles se tornem mais motivados e capacitados.

Os professores devem ser bem remunerados e terem espaço para sugerir ideias e estabelecer feedbacks com os gestores. Assim, eles terão liberdade e conhecimento necessários para construir relações eficientes com os alunos, e isso se refletirá no ambiente e, consequentemente, na retenção escolar.

6. Preocupe-se com a acessibilidade

Segundo uma pesquisa do IBGE, 6,2% da população do Brasil tem alguma deficiência. Isso significa que há milhões de brasileiros com alguma limitação e que, muitas vezes, não encontram escolas acessíveis para frequentar.

Portanto, é preciso investir em acessibilidade para melhorar o ambiente escolar e tornar a escola cada vez mais acessível. Corrimãos, rampas, elevadores e intérpretes são apenas alguns exemplos de investimentos que tornarão a escola mais inclusiva.

7. Treine sua equipe

Treinar a sua equipe é um fator importante para que o ambiente escolar se desenvolva em um todo. De nada adianta investir em tecnologia, acessibilidade e outros aparatos, se equipe não consegue agregar valor à sua escola. Ao realizar capacitações e treinamentos, será possível transmitir informações novas e entender possíveis falhas no processo, que impedem o seu negócio de se desenvolver.

Assim, se preocupar com o ambiente escolar e investir em infraestrutura é contribuir com o aprendizado do aluno e aumentar as vendas da instituição. Além de melhorar o ambiente para os estudantes, a escola ainda estará criando condições para os professores trabalharem melhor e com mais motivação.

Esse investimento, em longo prazo, garantirá um ciclo saudável em que alunos estarão satisfeitos, colaboradores serão produtivos e gestores conseguirão manter as taxas de captação e retenção dos estudantes.

E aí, gostou do nosso conteúdo sobre ambiente escolar? Deixe seu comentário logo abaixo! Queremos saber a sua opinião.