Um dos mais importantes e, infelizmente, negligenciados instrumentos que uma escola tem é o seu Projeto Político Pedagógico (PPP). Tratado por vezes como uma mera burocracia, esse documento pode ser extremamente útil quando feito corretamente e aplicado à gestão escolar e pedagógica.

Toda escola e instituição de ensino deve ter um Projeto Político Pedagógico elaborado e enviado para a Secretaria de Educação de sua entidade federativa, conforme a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), nos artigos 12 a 14. Por ser uma determinação legal, costuma ser encarado como uma mera formalidade, feito e engavetado até o período letivo seguinte.

No entanto, o PPP é um plano essencial para o bom funcionamento da escola e pode ajudar imensamente a guiar as ações, melhorar os indicadores, facilitar a tomada de decisões e até atrair alunos, se bem elaborado.

Confira, na continuação de nosso artigo, os 7 principais elementos para fazer um Projeto Político Pedagógico que efetivamente vai ajudar sua escola!

Identificação da escola

A primeira parte de um Projeto Político Pedagógico traz as informações de identificação da escola. Aqui deverá constar dados como razão social, nome fantasia, CNPJ, entidade mantenedora (se cabível), nome e dados da direção, coordenação pedagógica, equipe responsável pelo PPP e também as características de funcionamento da instituição.

Também deve constar nesse tópico o público que a escola atende (fundamental, médio e/ou ensino técnico), os horários de funcionamento, turnos que oferece e modelo(s) de ensino aplicado(s). Esse tópico trabalha com informações objetivas e diretas, que permitam identificar imediatamente a instituição.

Missão, visão e valores

A próxima parte de um PPP Projeto Político Pedagógico é estabelecer a missão, a visão e os valores e a visão da instituição de ensino. Esses são os princípios que representam a identidade organizacional da escola e os critérios que norteiam sua atuação.

A missão traz os propósitos e responsabilidades da escola perante os alunos e a sociedade. Os valores representam os pilares éticos nos quais a escola se ergue, seus princípios. A visão é a projeção que a instituição de ensino almeja alcançar.

Nessa parte também deve-se trazer o histórico da escola, desde sua fundação. Assim, é importante mostrar as grandes mudanças pelas quais a instituição passou e sua evolução, especialmente aquelas que corroboram suas diretrizes atuais. Em geral, há pouca mudança em um PPP nesse ponto depois de sua primeira elaboração. Justamente por isso é importante dar atenção especial ao tópico.

Contexto

Um dos pontos mais relevantes, especialmente para a própria escola, é a elaboração do contexto no PPP. Essa parte trata da realidade na qual a instituição de ensino se insere: as informações sobre a comunidade e público que atende, assim como os dados relevantes sobre sua posição dentro da localidade em que atua.

O contexto deve ser pautado pela análise de dados a partir de pesquisas demográficas, perfil do público e outros indicadores possíveis, inclusive sobre os próprios alunos da escola nos períodos letivos anteriores. A relevância desse tópico é inestimável do ponto de vista de ações possíveis de captação e marketing educacional, assim como a tomada de decisões melhores dentro da gestão escolar.

No entanto, o contexto é uma das partes mais negligenciadas no Programa Político Pedagógico. A gestão escolar, na ausência de informações concretas, tende a usar dados genéricos e acaba por não aproveitar essa excelente oportunidade de conhecer a própria comunidade.

Indicativos sobre aprendizado

Os indicativos sobre aprendizado falam dos indicadores da escola em relação aos alunos. Eles devem ser apresentados conforme os dados atuais disponíveis e dos anos letivos anteriores, preferencialmente para demonstrar a evolução da escola.

Cabe aqui apresentar o número de estudantes, tanto total quanto por segmento, as taxas de aprovação, dependência e reprovação, a média das notas gerais e por segmentos, o desempenho em avaliações do governo, premiações recebidas pela qualidade do ensino e outras informações pertinentes sobre a avaliação geral do ensino.

Recursos

O termo recursos, quanto ao PPP Projeto Político Pedagógico, não se refere apenas à receita, mas a todo o capital investido e humano da escola. Assim, é importante informar o número de diretores, coordenadores, professores e demais funcionários, detalhar a infraestrutura da escola: quantidade de salas de aula, quadras, bibliotecas etc., e também os recursos didáticos e paradidáticos disponíveis e os tecnológicos em uso.

Diretrizes pedagógicas

Um dos pontos mais cruciais do PPP é a construção das diretrizes pedagógicas. Aqui deve-se constar o modelo pedagógico adotado pela escola (tradicional, construtivista, baseado em problemas, dentre outros), o currículo para cada etapa escolar e os métodos de ensino.

As diretrizes pedagógicas devem obedecer à Lei de Diretrizes e Bases da Educação, no que se relaciona à base curricular e, dentro dela, promover sua própria grade com maior ou menor ênfase em temas e disciplinas. Aqui a participação das coordenações pedagógicas é fundamental para criar um documento coeso, concreto e que tenha efetividade técnica.

Plano de ação

Em relação ao planejamento estratégico escolar, o PPP determina que seja apresentado o plano de ação para o ano letivo. Logo, deverá ser traçado um plano de ação que contenha tanto as metas e objetivos quanto as etapas e proposições para alcançá-las.

Para a gestão escolar e pedagógica, o plano de ação é essencial como parte de uma programação-guia que facilita a implementação de boas práticas de ensino. Logo, o plano de ação deve conter os futuros investimentos, as melhorias de infraestrutura, a perspectiva de crescimento da escola e também as etapas e prazos necessários para isso.

Por fim, é preciso que o PPP Projeto Político Pedagógico contenha os responsáveis por sua elaboração final. Também é importante que esteja disponível para consulta, especialmente para os alunos da escola e, em alguns casos, para os pais e familiares. É comum, entre as instituições que desenvolvem um PPP sério e completo, deixá-lo à disposição no site da escola, por exemplo.

Como visto, o PPP é um instrumento muito relevante para as escolas saberem como conduzir o período letivo e otimizar o uso dos recursos.

Para tanto, é igualmente relevante tomar os cuidados necessários para garantir a receita, a fim de garantir a saúde financeira da escola. Para isso, confira também nosso artigo sobre como gerenciar e reduzir a inadimplência escolar!