O mercado educacional está cada vez mais competitivo. Na área de cursos profissionalizantes e de línguas, por exemplo, há uma grande oferta para uma demanda limitada. Por isso, para destacar-se nesse meio, é preciso utilizar cada vez mais estratégias para a captação de alunos que sejam diferenciadas e eficientes.

Para isso, é preciso ter um conhecimento aprofundado sobre o público-alvo e sobre as técnicas de marketing educacional. Afinal, são inúmeras as formas de se captar alunos, mas algumas são mais eficientes que outras, a depender de uma série de fatores, como o perfil demográfico da localidade do curso, o público-alvo, os interesses da instituição de ensino e as técnicas a serem aplicadas.

Para conseguir fazer seus cursos terem destaque e aumentarem o número de matrículas, confira as 12 estratégias que separamos a seguir!

1. Usar a macrocaptação de alunos

Ao lidarmos com a captação de alunos, temos duas grandes estratégias possíveis: a macro e a microcaptação. Enquanto esta se volta a um atendimento personalizado e a um trabalho direto com os alunos ou seus responsáveis, aquela se traduz em ações únicas e maiores que visam atingir o maior número possível de personas dentro do segmento. Assim, o poder dessas ações está em serem impactantes e chamarem a atenção do público-alvo imediatamente.

Dessa forma, enquanto na microcaptação trabalha-se com o interesse do potencial aluno ao longo de uma estratégia mais duradoura, a ideia da macrocaptação é conseguir trazer o interesse de forma imediata.

Por isso, quando se fala em aumentar rapidamente o número de matrículas, a macrocaptação é, sem dúvida, um excelente caminho!

2. Montar cursos relevantes

Para atrair alunos, é preciso que eles tenham interesse no serviço que está sendo oferecido. Hoje, o que mais preocupa os diversos públicos-alvo é a qualificação profissional, logo, cursos profissionalizantes precisam ter aplicabilidade prática no mercado de trabalho, enquanto cursos de línguas precisam ser efetivos como uma necessidade ou diferencial no currículo.

Quer dizer, é preciso mostrar a relevância dos cursos para o público, como determinadas áreas estão em expansão e a importância de manter a qualificação profissional dentro de um meio profissional concorrido. Portanto, expor os motivos pelos quais os cursos são relevantes é uma excelente forma de se conseguir, com uma única ação, uma grande quantidade de matrículas.

3. Planejar eventos

Uma das melhores formas de macrocaptação é a participação em eventos, seja no planejamento ou apenas fazendo parte dos expositores e stands. Para isso, no entanto, é preciso tomar alguns cuidados antes, durante e depois da participação, a fim de conseguir aumentar a conversão em vendas, ou seja, o número de matrículas.

Assim, primeiro, é importante que o ponto de vendas do curso, ou escola, seja atrativo e interessante. Isso pode ser feito de diversas maneiras, a depender do porte do evento e do público a ser atingido. Utilizar monitores com vídeos promocionais, letreiros eletrônicos, banners chamativos e profissionais que possam atrair e explicar os cursos são algumas das atitudes básicas para isso.

Durante o evento, é preciso não ser agressivo, mas comunicar assertivamente, passando segurança na informação e demonstrando a relevância do curso na vida do público-alvo. Essa exposição pode ser feita pelos promotores, por vídeos ou outros meios.

Por fim, criar listas de contatos com assinaturas de newsletters, para uma aplicação posterior de e-mail marketing, é uma estratégia muito comum na participação em eventos, aliada a brindes interessantes e úteis para as pessoas.

4. Fornecer descontos

Promoções e descontos são estratégias que nunca saem de moda e podem ser utilizadas online ou offline. Assim, para atrair com uma única ação uma grande quantidade de público, oferecer descontos na matrícula ou bolsas de até 50% pode ser uma excelente forma de macrocaptação.

No entanto, é preciso tomar cuidado com a forma como os descontos são oferecidos e as estratégias de marketing utilizadas na divulgação.

5. Investir em estratégias de marketing

Em se tratando de estratégias de marketing educacional, é possível aplicar várias delas na macrocaptação, especialmente quando falamos de marketing educacional digital. As possibilidades, de fato, são muitas e, com profissionais que montem uma campanha estruturada e capaz de atrair efetivamente os alunos, elas se tornam imbatíveis.

Nesse sentido, para a macrocaptação, as estratégias de marketing mais utilizadas são as de telemarketing ativo, e-mail marketing, marketing de conteúdo, automação de marketing, marketing digital, dentre outras. Além disso, o uso de técnicas como o funil de vendas e a compreensão da jornada de compras podem também gerar amplos benefícios na captação de alunos.

Logo, desenvolver uma campanha de macrocaptação pode exigir trabalho em todas essas frentes, em uma única ação que repercuta em diversas linhas para causar impacto. Aqui é importante ressaltar que a expertise e experiência são indispensáveis para elaborar e executar esse planejamento.

6. Usar um sistema de CRM

Um sistema de Customer Relationship Management (CRM) é essencial para uma boa estratégia de captação de alunos, pois auxilia no gerenciamento e automação de diversos processos que poderiam tomar muito tempo, caso fossem feitos manualmente. Entre eles, estão o cadastramento de informações, o disparo de e-mail marketing e o uso para o telemarketing.

Um bom sistema CRM torna a operação de macrocaptação muito mais simples e prática, ao criar rotinas automatizadas para uma série de tarefas, lembretes e formas de engajamento tanto do público-alvo quanto para as práticas de revenda e pós-venda.

7. Utilizar as redes sociais

Não há, hoje, como negar o poder das redes sociais e o alcance que elas têm para os negócios. No marketing educacional, podem ser especialmente exploradas para conseguir captar alunos com maior facilidade.

Seja pela criação de eventos, uso de mídias pagas, conteúdo interessante e atrativo, ações para descontos e premiações ou engajamento, elas provêm um espaço rico e fértil para conseguir aumentar o número de matrículas.

8. Oferecer canais de comunicação eficientes

Para conseguir captar mais alunos, é necessário estar onde eles estão. Por isso, uma boa escolha dos canais de comunicação utilizados é tão importante. Quando bem planejada, os gastos se tornam investimentos, já que os custos serão compensados pela entrada de novos alunos, bem como a satisfação dos que já estão matriculados.

Entretanto, para isso, deve-se focar também na eficiência desses canais. Afinal, muitas empresas decidem fazer contas nos principais meios sociais digitais e esperam ter algum resultado com isso. Contudo, após algum tempo, se perguntam por que não conseguiram aumentar o número de alunos.

A resposta possivelmente está na eficiência. Não adianta apenas estar em todos os meios, é necessário ouvir os alunos e potenciais alunos e comprometer-se a resolver a demanda que eles têm rapidamente, pois os hábitos dos novos consumidores exigem velocidade nas respostas. Lembre-se de que a gestão participativa é um diferencial para conseguir novos alunos.

9. Participar de programas de afiliados

Programa de afiliados não se resume à venda de produtos e cursos digitais. Qualquer empresa pode desenvolver um programa que privilegie a indicação de novos alunos. Para tanto, o programa deve fornecer vantagens reais para que os atuais alunos sintam mais vontade de indicar a instituição.

Além disso, é interessante oferecer incentivos para os indicados, visando fazer com que a campanha de novas matrículas aconteça de maneira mais natural. Opções como isentar ou dar desconto para os indicados na matrícula podem ser uma boa opção.

10. Estabelecer parcerias com empresas públicas e privadas

Além do programa de afiliados, as parcerias com empresas são oportunidades interessantes para aumentar rapidamente o número de alunos. No caso das instituições privadas, é possível oferecer bolsas para que a instituição aposte na capacitação dos colaboradores, por exemplo.

Pensando em parcerias com instituições públicas, é interessante oferecer bolsas para alunos de escola pública. Há opções que deixam o processo seletivo para a instituição governamental. No caso de bolsas integrais, será o poder público que fará o pagamento. A forma e o valor a ser pago devem ser negociados diretamente com as instituições.

11. Capacitar o corpo docente

A capacitação do corpo docente é fundamental para obter melhores resultados. Embora seja possível conseguir muitos alunos, mesmo com um corpo docente sem a capacitação necessária, os estudantes só estarão satisfeitos se tiverem acesso ao melhor conteúdo possível passado de forma didática.

Por isso, os colaboradores precisam fazer cursos, participar de palestras, ler livros e tudo quanto for colaborar para a capacitação técnica e pedagógica dos professores. Isso não deve ser visto como um evento, mas como um processo contínuo de desenvolvimento.

12. Simplificar o processo de matrícula

Depois de conseguir atrair os alunos, o processo de matrícula fará com que eles concretizem a intenção de estudar na escola ou desistam dela. Um dos principais problemas é um processo de matrícula complexo. Portanto, burocracia não é bem-vinda!

As estratégias para captação de alunos demonstradas acima podem parecer complexas à primeira vista, mas, com o auxílio de profissionais experientes e reconhecidos no mercado, é plenamente possível implementá-las e conseguir ampliar substancialmente o número de matrículas de uma só vez.

E não é só isso, uma assessoria profissional poderá ajudar no engajamento pós-vendas e na forma de tornar seu público cativo.

Para conhecer nossa forma inovadora e única de trabalhar a macrocaptação de alunos, converse conosco! Teremos o maior prazer em atendê-lo!