É fácil perceber no cotidiano o que é transformação digital. Trata-se da integração entre o mundo digital e o mundo real em que suas barreiras ficam tênues e praticamente inexistentes. Esse processo de evolução, revolução informacional que se iniciou na década de 90, tem sido profundamente estudado como a atual etapa do desenvolvimento humano e sua influência alcança todos os setores da sociedade, inclusive a educação.

Afinal, o avanço tecnológico tem trazido mudanças muito profundas na forma de educar e de como lidar com um mundo conectado. Mais que apenas novos aparelhos, como computadores, smartphones, gadgets, tablets e outros, a transformação digital mudou a maneira como nos relacionamos e aprendemos.

Mais do que as várias ferramentas que têm surgido, a transformação digital é uma mudança cultural que torna o ensino mais rápido, transversal e comunicativo. E é um novo paradigma imparável, pois a cada dia formas de inovação aparecem e impactam nossas vidas e a forma de construir o conhecimento. Essa pode ser uma boa forma de atrair a atenção de novos alunos.

Saiba mais sobre como esse processo de desenvolvimento digital pode impactar positivamente sua instituição de ensino na continuação do nosso artigo!

Inovações tecnológicas para ensino

As inovações tecnológicas são os principais agentes da mudança da transformação digital, especialmente na educação. Seja nas escolas, seja em cursos profissionalizantes, essas novas tecnologias têm sido muito usadas para ampliar a capacidade de ensino e melhorar o aprendizado. Confira, abaixo, as principais inovações:

  • Computação em Nuvem: com a possibilidade de armazenar e acessar dados remotamente, é possível conectar os alunos, inclusive fora da sala de aula;
  • Big Data: com a capacidade de armazenar e tratar um imenso volume de dados, as escolas podem dispor conteúdos e informações, além de acompanhar e analisar a qualidade dos cursos e melhorar a gestão escolar;
  • Internet das Coisas: essa tecnologia permite que ferramentas, gadgets eletrônicos e, até mesmo, roupas fiquem conectados à internet com troca de dados entre eles, o que permite acompanhamento em tempo real nas aulas e escolas;
  • Inteligência Artificial: com o desenvolvimento da interação e de máquinas e softwares capazes de fazer tarefas humanas autonomamente, é possível agilizar processos de correção, explicação etc. dentro dos cursos;
  • Realidade virtual e aumentada: a integração da realidade virtual e aumentada com o mundo real permite a experimentação nas aulas sem riscos inerentes, especialmente nas áreas de exatas e biológicas.

Claro que, sozinhas, essas tecnologias não fazem muita coisa. É igualmente importante saber como utilizá-las para tornar a experiência educacional mais proveitosa.

Qualidade do método de ensino

A transformação digital, quando devidamente aplicada pelas escolas e cursos, facilita o processo de aprendizado e de retenção do conhecimento. No entanto, não basta apenas usar tablets ou notebooks dentro da sala, é preciso também repensar o próprio método de ensino com base nessas novas possibilidades.

Quer dizer, mais que usadas como acessório, as inovações tecnológicas podem influir diretamente no processo de aprendizagem. A metodologia aplicada ao ensino precisa, portanto, fazer uso dessas ferramentas como uma forma de melhorar a qualidade do aprendizado.

Uma abordagem baseada em problemas, por exemplo, pode fazer um excelente uso da transformação digital, quando os alunos passam a aprender por meio de pesquisa e comunicação de conhecimento para resolver uma questão proposta por diversos ângulos e matérias.

Otimização das atividades

Não há dúvida de que a tecnologia agiliza os processos e diminui o tempo necessário para realizar quase todas as atividades. Na educação, ao ser considerada como parte efetiva do processo de aprendizagem, pode tornar as atividades mais proveitosas, otimizando o tempo e aumentando a absorção do conhecimento.

Com um método de ensino que faz uso da cultura digital, é possível criar módulos online de apoio, grupos de discussão, extrapolar o ensino para além da sala de aula, facilitar a distribuição de informação e material didático, garantir a execução de trabalhos e provas, dentre outras formas de otimização.

Ensino focado na preparação do aluno

A metodologia tradicional expositiva e os métodos de ensino fora de uma cultura digital tendem a massificar os alunos, não individualizando seus progressos, dificuldades e dúvidas. Com a transformação digital, em especial com uso de Big Data e, até mesmo, Inteligência Artificial, é possível fazer um acompanhamento mais pessoal dos estudantes.

Isso permite identificar os pontos de maior dificuldade e ajuda a propiciar as melhores ferramentas e atrativos para que esse aluno melhore a retenção de conhecimento e supere o problema. Logo, a partir da implementação da transformação digital na sua instituição de ensino, é possível focar, de maneira personalizada, na preparação do aluno.

Aplicação da realidade virtual e aumentada

Uma das melhores formas de aprimorar a experiência do aluno e, com isso, garantir uma melhor compreensão e aprendizado são as aulas práticas. No entanto, em cursos profissionalizantes que lidam com maquinários, produtos químicos, motores etc., isso pode representar tanto um risco quanto um custo.

Uma das novas tecnologias que tem se destacado no segmento educacional é justamente a realidade virtual (imersão dentro de uma realidade criada digitalmente) ou mesmo a realidade aumentada (sobreposição digital da realidade virtual sobre o mundo físico). Isso pode diminuir os custos operacionais e também evitar riscos desnecessários!

Diminuição da evasão escolar

Uma outra grande vantagem da transformação digital aplicada à educação é que ela torna o aprendizado mais profundo e as aulas mais atraentes aos alunos. Isso traz uma excelente consequência para a instituição de ensino: a diminuição da evasão escolar.

Alunos interessados aprendem mais. A percepção do aprendizado gera reforço positivo em relação ao curso e, por conseguinte, maior engajamento e menor taxa de desistência. Afinal, aprender com tecnologia é mais interessante.

Como a evasão escolar é um problema muito comum nas escolas e cursos profissionalizantes, investir na qualidade do ensino e na transformação digital pode ser uma boa medida para amenizá-la.

A transformação digital é um processo de desenvolvimento da sociedade humana que decorre do amadurecimento tecnológico. É uma mudança de perspectiva e de cultura para um processo digital de conexão. Ficar fora disso deixa sua escola para trás e em desvantagem no mercado. Por isso, é importante começar agora mesmo a trabalhar a implementação de inovações tecnológicas para melhorar o ensino e também atrair mais alunos. Ou seja, a tecnologia pode ser um diferencial importante na captação de alunos.

Agora que você sabe o que é transformação digital, veja também nosso artigo sobre Marketing educacional: o que costuma dar certo na captação de alunos!